Rua Antonio Gruba, 159 - Vista Alegre - Curitiba-PR - CEP 80820-340
Visite nossas mídias sociais

Pandemia, trabalho remoto e a segurança da informação.

7 de janeiro de 2021by Tumim7

Em 2020, o ano marcado pela restrição social, as empresas se obrigaram a alterar rapidamente a maneira de fazer negócios, a acelerar a transformação digital e definitivamente adotar o trabalho remoto (home office) como alternativa. Estas mudanças não foram “privilégios” das grandes empresas apenas, um estudo global realizado em abril de 2020 pela Caterra e Gartner, mostrou que no Brasil 77% das Pequenas e Médias (PMEs), por exemplo, adotaram o trabalho remoto durante a pandemia.
O estudo revelou uma rápida adaptação, contudo muitos desafios foram identificados, que vão desde a comunicação com a equipe até as questões envolvendo a Segurança da Informação (SI) e Cibersegurança.
Uma pesquisa liderada pela Netwrix, especializada em Cibersegurança, feita com 937 profissionais de TI em todo mundo no mês de junho de 2020, revelou que 85% dos responsáveis pela SI sacrificaram a segurança para favorecer o trabalho remoto dos funcionários.
A pesquisa revelou ainda que uma em cada quatro organizações percebe que está exposta a mais riscos agora do que antes da pandemia. Dessas, 63% relataram um aumento na frequência de ataques cibernéticos e 60% encontraram novas brechas de segurança como resultado da transição para o trabalho remoto.
Uma outra pesquisa, realizada pela empresa de segurança Forcepoint em parceria com o Wall Street Journal Intelligence, deu conta de que as estratégias de Cibersegurança são vistas por 85% dos executivos como um dos principais impulsionadores da transformação digital, mas 66% reconhecem o aumento da exposição organizacional a ameaças cibernéticas devido à digitalização. Mesmo assim, apenas 46% dos líderes revisam regularmente suas estratégias de segurança cibernética.
O fato é que manter a Segurança da Informação up to date sempre foi um desafio para as empresas, ora pela obsolescência das soluções com suas brechas características, ora pela velocidade da transformação digital imposta pelos negócios e pela falta de conscientização dos usuários. Contudo, a pandemia deixou mais evidente que a estratégia da SI tradicional, aquela baseada na proteção da rede interna (perímetro), se mostrou incompleta.
Se as empresas, em geral, para manterem seus negócios funcionando tiveram que alterar os perímetros físicos e em alguns casos estes perímetros desapareceram, de forma semelhante os perímetros da SI também foram mudados. E não há dúvida que a abordagem tradicional de segurança é insuficiente. Por isto o tema Segurança da Informação ganha ainda mais relevância e pede atenção desde os conselhos de administração, líderes e gestores em geral com um único objetivo: criar ou fortalecer a cultura de segurança para permear toda a organização.
O caminho a ser trilhado neste caso chama-se “Governança da SI” somada a Privacidade e Proteção de Dados, especialmente em tempos em que leis de proteção de dados (GDPR, CCPA, LGPD e outras) fecham o cerco com decisões envolvendo altas sanções pelo mundo, incluindo o Brasil.
Um 2021 de segurança e proteção para todos nós. Sucesso!!!
Por Tiago Dutra
Especialista em TI e Proteção de Dados
Data Protection Officer (DPO Exin)
#Tumim7 #Segurancadainformacao #SI #GovernancaDados #DPO #Privacidade #ProtecaodeDados #HomeOffice #TrabalhoRemoto #Pandemia #LPGD #DGPR
Fonte: Exclusivo: 77% das PMEs brasileiras adotaram home office durante a pandemia – Pequenas Empresas Grandes Negócios | Administração de empresas (globo.com)
85% dos CISOs sacrificaram segurança para favorecer trabalho remoto (cisoadvisor.com.br)
CEOs e CISOs temem gerar grande de brecha de segurança (cisoadvisor.com.br)
Radar NUMERO 50 | JANEIRO 2021 – A REVISTA DA CIBERSEGURANÇA DE EVERIS
 

CONTATOSFale Conosco
Teremos muita satisfação em lhe atender
(41) 99529-3672
MIDIAS SOCIAISSiga-nos nas redes sociais
Acompanhe o trabalho da Tumim7 nas Redes Sociais.
CONTATOSFale Conosco
Teremos muita satisfação em lhe atender.
(41) 99529-3672
MIDIAS SOCIAISSiga-nos nas redes sociais
Acompanhe o trabalho da Tumim7 nas Redes Sociais.
ENVIAR MENSAGEM
Precisa de ajuda? Estamos Online!